Vilamoura: Cerro da Vila

Estação arqueológica de uma Vila Romana, localizada no canto norte da marina de Vilamoura

A estação arqueológica do Cerro da Vila, localizada no canto norte da marina de Vilamoura, fica apenas a 10 m acima do nível do mar. Apesar da zona escavada cobrir apenas 2-3 hectares, já foram encontrados objectos que datam de 8 séculos, pertencentes aos vários períodos históricos: Romano, Visigodo e Árabe. A dois km a norte do Cerro da Vila encontram-se vestígios importantes de uma barragem Romana para o reservatório que fornecia a zona com água potável.

As razões que levaram os Romanos a povoar esta zona provavelmente foram a terra fértil para cultivo que se estende à volta da antiga laguna da “Ribeira de Quarteira” e a própria laguna que servia de abrigo para os seus barcos.

Ainda está por esclarecer porque é que foi construída uma edificação de grandes dimensões como o Balneário Grande, para utilização de uma grande população, pois a provável dimensão do aglomerado não se justifica tal edifício de grande e complexa estrutura dimensional. Mais tarde, estes edifícios foram convertidos em fábricas para a conserva do peixe, “garum” desde a cavala até ao atum, junto com moluscos e plantas do pantanal.

O texto desta página é um extracto do prospecto do Cerro da Vila, disponível em várias línguas no museu.


Morada
Vilamoura

Alojamentos Perto
The Lake Resort The Lake Resort
Tempo Vilamoura
Publicidade